Quais são os procedimentos para preparação e uma máquina para o enchimento com Fluído de Corte Solúvel?

Para o bom desempenho do equipamento e para preservar e aumentar a vida útil do fluído de corte refrigerante, é fundamental que uma limpeza completa do sistema seja realizada antes da colocação de uma nova emulsão.

Deve-se adicionar à emulsão do fluído de corte solúvel usado, de 0,3% do volume do reservatório de desengraxante MAKRO MAX 660 e deixar circulando no sistema por 2 a 4 horas.

A seguir deve-se drenar e descartar toda a emulsão usada do fluído de corte refrigerante.

Encher o reservatório com água e adicionar de 5% do volume do MAKRO MAX 310 Para sistemas que apresentem uma forte contaminação bacteriana, é fundamental que todo este procedimento seja seguido.

Deixar circulando por 2 a 4 horas, enquanto isso, fazer uma limpeza externa da máquina com CADIUM CLEAN 391. Quanto mais tempo a solução ficar circulando no equipamento, mais eficiente será a limpeza, principalmente nas áreas mais difíceis de serem limpas.

Procedimento de Limpeza para a colocação do Fluído de Corte Refrigerante

Drenar novamente o sistema. Preparar uma nova carga da emulsão do fluído de corte refrigerante, já com a diluição recomendada pelo fabricante do lubrificante. Fazer uma emulsão pré-diluída, colocando sempre o fluído de corte solúvel na água e nunca o inverso.

Deixar a nova emulsão do fluído de corte refrigerante circulando por alguns minutos e depois verificar os seus parâmetros. Adotando estes procedimentos você terá a certeza, de que uma emulsão do fluído de corte solúvel correta estará fluindo para a área de trabalho.

A importância da manutenção da a estabilidade da emulsão do fluído de corte solúvel

Ao longo dos anos nos deparamos com vários comentários e questionamentos de operadores e empresários sobre os problemas encontrados na manipulação inadequada do fluído de corte refrigerante, onde algumas descrevemos a seguir:

  • Eu gostaria que a emulsão do fluído de corte refrigerante não cheirasse tão mal.
  • Eu necessito encontrar uma emulsão de fluído de corte solúvel que tenha uma vida útil maior.
  • Como eu faço para gastar menos com produto descartado?

Saiba que grandes e sérios problemas, normalmente cobram um alto valor para a sua solução. Quando nos deparamos com tais problemas, realizamos os seguintes questionamentos:

  • Você gasta muito tempo respondendo aos operadores sobre a presença de mal cheiro no fluído de corte solúvel?
  • Não é prejudicial para a produção, manter as máquinas paradas para as trocas das emulsões do fluído de corte refrigerante?
  • Você gasta muito com o descarte das emulsões do fluído de corte solúvel, pois ela estraga muito rapidamente?
  • Se você tivesse perdido menos tempo com máquinas paradas por causa da emulsão do fluído de corte refrigerante, você teria conseguido cumprir o seu programa de produção e teria ajudado você a cumprir os seus prazos?

Para todos os questionamentos acima há uma resposta simples: não negligencie no monitoramento e no tratamento da sua emulsão do fluído de corte refrigerante, desde o primeiro enchimento do equipamento até o término da operação.

Como melhor cuidar da emulsão do Óleo Solúvel de Corte?

Você sabia que no bloq da CADIUM você encontrará diversos artigos informando como proceder para que a emulsão do óleo solúvel refrigerante se mantenha estável, bem como, textos que ensinam como detectar problemas no lubrificante. Acesse o nosso site e consulte o nosso blog.

Quer saber como a CADIUM pode ajudar sua empresa na indicação melhor tratamento para o fluído de corte solúvel utilizado na sua operação? Entre em contato com a gente através do e-mail cadium@cadium.com.br, ou pelos nossos telefones 11-4047-9292 (pabx) / 11-97130-3099 (WhatsApp).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *