Qual óleo devo usar no cortador de vidro?

Esta pergunta é facilmente encontrada em uma simples busca na internet sobre este assunto.

Antes de respondê-la devemos também informar que nesta mesma internet encontramos muitos “entendidos” oferecendo inúmeras “receitas” de fluídos para serem utilizados no processo de corte de do vidro. Encontramos a indicação da mistura de thinner com detergente, a da utilização de óleo para máquina costura, até o uso de produto mais agressivo que o querosene, como o óleo diesel.

Há um ditado muito antigo que diz: para a realização de um trabalho, nunca improvise o uso de uma ferramenta. Para a obtenção do melhor resultado, ou para a realização com perfeição deste trabalho, use sempre a ferramenta correta.

Para o processo do corte de vidro, tal ditado também se encaixa perfeitamente: se há lubrificantes específicos para serem utilizados neste processo, por que buscar soluções alternativas para um produto de reduzido consumo e que representará um baixo custo a ser agregado ao processo final de corte?

 O que substitui o querosene para cortar vidro?

Muitas pessoas, notadamente as pequenas vidraçarias, ainda utilizam o querosene como um óleo para cortar vidro. Cabe esclarecer que apesar do querosene ser um produto de baixa viscosidade e barato, ele é agressivo, tanto pelos odores exalados como para a derme do usuário, pois ele remove a camada de gordura da pele, deixando-a ressecada e exposta ao ataque de microrganismos, que podem resultar na formação de dermatites.

Hoje são disponibilizados no mercado vários tipos de óleo de cortar vidro, que atendem às diversas necessidades de corte. Existe o óleo para cortar vidro evaporativo, extremamente volátil formulado à base de solventes não agressivos ao operador, que é facilmente removido do vidro após a sua utilização no corte. Há o óleo de cortar vidro integral de baixa viscosidade, que possui um elevado ponto de fulgor, o que evita riscos de incêndio e a formações de vapores desagradáveis no ambiente de trabalho. Há também o óleo para cortar vidro com formulação biodegradável, que possui a sua lavabilidade facilitada, com uso ideal em operações de cortes onde o vidro sofrerá processos posteriores de acabamento.

Conhecendo um pouco mais o Óleo para Cortar Vidro

O óleo de cortar vidro deve ser utilizado em substituição aos solventes, em razão de ser um produto menos volátil (menor risco de incêndio) e possuir uma maior lubricidade, o que contribui para diminuir o atrito entre a ponta da caneta e o vidro, minimizando assim, a possibilidade da formação de micros craqueamentos no corte. Este óleo para cortar vidro cria um filme muito fino nas laterais do vidro, minimizando a formação do atrito pela passagem do rodízio, propiciando uma maior segurança à operação com menores riscos de quebras e acidentes, além de contribuir para lubrificar o próprio cortador, prolongando a sua vida útil.

Óleo de Cortar Vidro de qualidade, onde encontrar?

Um óleo de cortar vidro de qualidade não deve ser inflamável, não pode exalar vapores agressivos, pois um produto com ponto de inflamação elevado contribui para evitar riscos de incêndio. Um óleo para cortar vidro de qualidade não pode conter produtos agressivos em sua formulação como os compostos aromáticos presentes na maioria dos solventes como o querosene. Também não deve conter compostos à base de cloro, boro, amina e outras substâncias nocivas e agressivas tanto à derme do operador como ao meio ambiente.

Para a aquisição de um óleo para corte de vidro de qualidade e elevado desempenho consulte a CADIUM. Somos uma empresa nacional com mais de 25 anos de atuação na produção e comercialização de diversos produtos para a lubrificação e a manutenção industrial. A CADIUM disponibiliza uma linha de óleo para corte de vidro adequada para os mais diversos tipos de operações de corte em diversos tipos e espessuras de vidros. Consulte a CADIUM ou o para a aquisição do melhor lubrificante para o seu processo, ou o nosso site de e-commerce para a aquisição de produtos em volumes fracionados. Aguardamos o seu contato.

 

YouTube video

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *