Óleo para lubrificar corrente de motosserra de base sintética: por que é a melhor opção?

Saiba que o óleo para corrente de motosserra não tem a função de lubrificar a serra e a madeira que se está cotando. O óleo lubrificante para corrente de motosserra é utilizado para lubrificar a ranhura e reduzir o atrito à medida que a corrente realiza o movimento de giro em altas rotações.

Se o atrito da operação não for minimizado, este pode aumentar a possibilidade de quebra do equipamento e reduzir a sua vida útil.

A utilização do óleo lubrificante para corrente de motosserra tem por objetivo reduzir o atrito, propiciando cortes mais velozes.

Atualmente o óleo para corrente de motosserra de base mineral formulado a base de derivados de petróleo são os mais utilizados devido ao seu menor custo.

Como grande parte do óleo lubrificante para corrente de motosserra não pode ser reciclado e é absorvido pelo ambiente, geralmente devido à nebulização ou pulverização causada pela barra, este é um dos inconvenientes do uso de um óleo lubrificante para corrente de motosserra de base mineral. O óleo para corrente de motosserra de base mineral pode causar danos ao meio ambiente, contaminando inclusive recursos hídricos e até o próprio operador através do contato com a pele ou por inalação.

Os problemas do uso do óleo para corrente de motosserra de base mineral podem hoje passarem despercebidos, mas as suas consequências poderão ser notadas em longo prazo, com danos ao operador causando dermatites e problemas respiratórios.

Vantagens do uso de um óleo para corrente de motosserra de sintética

Para eliminar os problemas mencionados, os fabricantes de lubrificantes desenvolveram o  óleo para corrente de motosserra formulado com matérias-primas oriundas de fontes renováveis e biodegradáveis, o chamado óleo para motosserra ecológico.

Alguns formuladores de lubrificantes utilizam o óleo de canola como matéria-prima para a fabricação do óleo lubrificante para corrente de motosserra de sintética. Mas isso não quer dizer que basta ao usuário despejar óleo de canola no reservatório da motosserra e “sair cortando”, que ele encontrou um lubrificante barato e ecológico para realizar a sua operação de corte. Esclarecemos que um óleo para corrente de motosserra, de base mineral ou sintética, contém aditivos específicos para suportar as cargas, velocidades e temperaturas exercidas no processo de corte, e sem estes, o óleo seria expelido para fora da barra de corte, deixando de realizar o trabalho de lubrificação do equipamento.

Um óleo lubrificante para corrente de motosserra de base sintética contém em sua formulação aditivos antidesgaste, antiespumante, antigotejante e de adesividade, para que este forme uma película lubrificante resistente no conjunto de corte, para evitar o desgaste causado por choque, resistência e condições severas de uso. A utilização de um óleo para corrente de motosserra inadequado pode resultar em quebra do equipamento e até em acidentes graves e fatais.

O óleo lubrificante para corrente de motosserra vegetal de qualidade, além de propiciar uma boa adesão, possui boa fluidez, o que confere uma melhor capacidade de evitar que detritos sólidos ou seivas das árvores fiquem grudados na corrente da motosserra.

O óleo para corrente de motosserra de base sintética é considerado um lubrificante ecologicamente correto, pois se derramado no solo, sua decomposição ocorre rapidamente, em menos de 30 dias, algo que não é observado em um lubrificante para corrente de motosserra de base mineral.

Como desvantagem do uso do óleo lubrificante para corrente de motosserra sintético, podemos mencionar o seu custo mais elevado em relação ao do óleo para corrente de motosserra de base mineral.

Dicas para o uso do óleo lubrificante para corrente de motosserra

  • Nunca utilize óleo para corrente de motosserra usado ou residual, pois ele pode ser nocivo ao equipamento e ao próprio operador;
  • Um óleo para corrente de motosserra residual como o óleo automotivo usado, além de conter resíduos metálicos que poderão danificar o motor da motosserra, não possui a aditivação necessária para lubrificar adequadamente o equipamento, por isso o seu uso deve ser evitado;
  • Nunca tente reabastecer com óleo lubrificante para corrente de motosserra quando o equipamento estiver em operação;
  • Nunca use o equipamento quando a barra estiver seca e sem a lubrificação adequada do óleo para corrente de motosserra;
  • A regulagem do volume do óleo para corrente de motosserra é de extrema importância, não só para a qualidade do trabalho, mas para a segurança do operador e das pessoas ao redor;
  • Se a utilização da motosserra não for frequente, a opção pelo uso de um óleo lubrificante para corrente de motosserra de base mineral ou um óleo lubrificante para corrente de motosserra de base sintética não irá fazer muita diferença;
  • Para o uso regular e constante das motosserra é mais indicado o uso de um óleo para corrente de motosserra de base sintética, pois é um lubrificante que melhora as características de combustão, limpeza e proteção do motor.

Qual é o melhor óleo lubrificante para corrente de motosserra de base sintética?

A lubrificação recomendada para a motosserra de ser sempre aquela indicada pelo fabricante do equipamento. Mas saiba que a CADIUM possui uma completa linha de óleo para corrente de motosserra de base sintética que propicia um alto desempenho, prolonga a vida do equipamento, além de ser um lubrificante amigo do meio ambiente e do operador. Entre em contato com a equipe técnica da CADIUM e obtenha mais informações sobre a linha POLISYNTHE de óleo lubrificante para corrente de motosserra de base sintética. Aguardamos a sua consulta.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *