Lubrificação de Rolamentos e Mancais: o que saber a respeito?

As caixas de mancais que são produzidas para a fabricação de motores industriais podem conter rolamentos de esferas ou de rolos, e são projetadas para receber uma lubrificação com graxa ou com óleo.

A função do lubrificante de rolamento é minimizar o atrito, proteger as superfícies dos mancais e rolamentos contra a corrosão, além de ajudar na selagem do equipamento evitando a entrada de compostos contaminantes.

Os fatores que influenciam a escolha do óleo lubrificante para rolamento são: a temperatura, a velocidade de rotação e a carga a que o mancal é submetido.

Em geral os equipamentos operam com rotações entre 60 e 3.600 r.p.m. Para operações em baixa rotação é indicado o uso de um óleo para rolamento mais viscoso, sendo que para altas rotações um lubrificante de rolamento “mais fino”, com menor viscosidade, é o mais indicado.

Como os mancais e rolamentos estão sujeitos a receber cargas excessivas, para evitar que ocorra um desgaste excessivo, o óleo lubrificante para rolamento recebe uma aditivação antidesgaste para melhorar a estabilidade da película e diminuir o contato metálico

Conhecendo um pouco mais do Óleo Lubrificante para Rolamento

A utilização do óleo lubrificante para rolamento deve ser realizada através da escolha da viscosidade do óleo básico.

Um óleo para rolamento com viscosidade baixa gera torques de partidas mais baixos e com isso possibilita que o equipamento atinja rotações mais elevadas, além de melhorar a refrigeração do sistema. A viscosidade mais elevada de um óleo lubrificante para rolamento aumenta a capacidade de carga e a vida útil e de trabalho dos rolamentos. A viscosidade é a mais importante propriedade de um lubrificante para rolamento e ela deve ser selecionada levando-se em consideração a rotação do equipamento, a carga que este será submetido, a temperatura e o ambiente que será realizada a operação.

Para exercer corretamente a sua função de lubrificação, um bom óleo para rolamento também deve possuir uma aditivação antiespuma, de extrema pressão e antioxidante para evitar que a corrosão que venha a danificar as superfícies dos componentes do sistema.

Quanto usar um Óleo para Rolamento?

A aplicação do lubrificante de rolamento é necessária quando o calor gerado pelo rolamento é dissipado para fora do equipamento. Sob altas temperaturas e velocidades é indicado o uso de um óleo para rolamento para prolongar a vida útil do equipamento.

O óleo lubrificante para rolamentos produzido a partir de derivados de petróleo, o chamado óleo mineral para rolamento, é o lubrificante mais utilizado devido ao seu baixo custo e bom desempenho.

Cabe informar que há dois tipos de óleos minerais para rolamento:

  • O óleo lubrificante para rolamento formulado com óleo mineral naftênico, que são empregados na lubrificação de equipamentos que operam sob baixas temperaturas. É um lubrificante de rolamento que possui a desvantagem de apresentar incompatibilidade com alguns elastômeros das vedações;
  • Há o óleo para rolamento formulado com óleo básico parafínico que é indicado para atender necessidades e aplicações variadas como a lubrificação de redutores e engrenagens abertas ou fechadas, mancais planos, entre outros. São lubrificantes para rolamento que não tendem a oxidar mesmo em condições de temperaturas elevadas, mas em baixas temperaturas ele se sedimenta.

Não devemos esquecer que há também os lubrificantes de rolamento de base sintética, que são obtidos através de reações se sínteses petroquímicas. São lubrificantes que desempenham as mesmas funções que os óleos minerais para rolamento, porém são quimicamente mais estáveis e apresentam um melhor desempenho tanto em temperaturas altas como as muito baixas.

Como lubrificar os rolamentos?

Se você não sabe como lubrificar os rolamentos de seu equipamento, ou se está necessitando de uma ajuda para escolher o óleo para rolamento que melhor atenda a sua necessidade de lubrificação, entre contato com a CADIUM. Saiba que possuímos uma completa linha de óleo lubrificante para rolamento: a linha KURZI RF de óleo para rolamento mineral  e a linha POLISYNTHE S de óleo para redutor sintético. Nossa equipe técnica está aguardando o seu contato para tirar todas as suas dúvidas e indicar o melhor lubrificante para rolamento.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *