A importância da escolha do Óleo para Trefilação correto para o processo de trefila de metais

Sabemos que a extrusão do metal é um processo de conformação mecânica  onde a matéria é empurrada através de uma fieira, sendo deformada com o objetivo de produzir produtos acabados com diferentes dimensões, formas e propriedades mecânicas.

Cabe informar que no processo de trefilação de barras e arames é utilizado a fieira para realizar a deformação do metal, sendo que no processo de trefilação de tubos a força empregada para a passagem do material ocorre em um conjunto de ferramentas constituído por uma fieira em um mandril.

As vantagens do processo de trefilação é que um metal pode ser estriado e reduzido mais do que em qualquer outro tipo de processo, com a obtenção de uma grande precisão dimensional, gerando um produto com uma superfície uniformemente limpa e polida, além de interferir e melhorar algumas propriedades mecânicas do material.

Durante o processo de trefilação ocorre a formação de um elevado atrito e o consequente aumento da temperatura na área de conformação. Caso este problema não seja corrigido e eliminado, ocorrerá o aumento da rugosidade superficial do produto e a ausência do uso de um óleo para trefilação poderá inclusive impedir que ocorra o processo de trefilação.

Por que o uso do Óleo de Trefilação é tão importante no processo?

O uso do óleo de trefilação tem por objetivo impedir que ocorra o contato direto do fio metálico com a fieira, para assim, evitar que ocorra cisalhamento e a remoção de partes microscópicas dos materiais envolvidos. Em resumo o uso do óleo de trefila tem como objetivo remover uma condição natural de atrito do processo, propiciando um melhor deslizamento dos componentes, eliminando assim as consequências danosas ao processo de trefilação

Entre os benefícios ao processo de um óleo para trefilação de qualidade destacamos a redução do desgaste da ferramenta, a diminuição da força necessária para a realização da operação, a redução da energia necessária para deformação do metal, o benefício da realização de uma melhor distribuição de tensão existente no processo, propiciando a formação de uma estrutura final mais homogênea do produto. Como características principais do uso de um óleo de trefilação de qualidade podemos perceber a imediata redução do atrito, a melhora das condições de escoamento do metal e o aumento da qualidade superficial do fio ou tubo.

O atrito gerado em um processo de trefilação é muito elevado, pois o esforço ocasionado na conformação do metal gera uma quantidade de calor muito alta e se no processo não for utilizado um óleo de trefila de qualidade, este vai perdendo as suas características de lubrificação, permitindo que ocorra o contato direto entre o materiais (metal/fieira/mandril), consequentemente aumentando o atrito, chegando ao ponto extremo de até ocorrer o impedimento do processo de trefilação.

Com isso podemos concluir que não é qualquer tipo de óleo para trefila que pode ser usado na conformação de metais por trefilação.

Qualidades que um Óleo de Trefila deve possuir

Como mencionado, o óleo de trefila de qualidade reduz o atrito metal ferramenta, diminui a temperatura do processo, aumenta a vida útil do ferramental, melhora o acabamento superficial e propicia operações com maiores velocidade de trabalho.

A qualidade do óleo para trefilação também está ligada aos compostos utilizados em sua formulação, pois este não pode conter aditivos que possa causar manchas ao metal trefilado.

No processo de trefilação é comum que o atrito gerado na superfície do metal provoque a formação de resíduos carbônicos, que compromete a qualidade do produto gerado, e um óleo de trefilação de qualidade precisa ser eficientemente aditivado para impedir o atrito e evitar a ocorrência deste problema.

Um óleo de trefila de qualidade deve possuir as seguintes características:

  • possuir uma elevada carga de aditivação E.P. (extrema pressão);
  • gerar uma alta lubricidade e elevado poder refrigerante;
  • ser resistente ao ataque de fungos e bactérias, notadamente para o óleo para trefilação solúvel em água;
  • elevada proteção anticorrosiva o lubrificante deve possuir;
  • gerar uma mínima formação de espuma;
  • propiciar uma fácil limpeza, sem deixar resíduos na máquina, fieiras e mandris;
  • possuir elevada estabilidade, mesmo quando submetido às altas temperaturas e pressões;
  • um óleo de trefilação de qualidade deve ser isento de compostos agressivos ao meio ambiente e ao operador como nitrito, fenóis, enxofre, cromatos e outros.

A utilização de um óleo de trefila de qualidade propicia a obtenção de outros benefícios  como o de evitar que ocorra no material produzido o escurecimento por oxidação ou manchas, bem como o de evitar a fixação nas fieiras e na máquina de resíduos metálicos causados pela ação eletrostática oriundos do  atrito do processo. O óleo para trefilação contribui para a eliminação deste problema e da ocorrência de sujidade no processo, gerando como benefício maior, o aumento da vida útil das peças e do equipamento.

Óleo de Trefilação de qualidade: onde encontrar?

Saiba que a CADIUM atua no mercado nacional a mais de 25 anos, oferecendo uma gama diversificada de produtos para a manutenção industrial. Entre vários produtos disponibilizados, destacamos uma linha completa de óleo de trefilação para uso em diversos tipos de processos de conformação de metais por trefila. Para a aquisição de um óleo de trefila de qualidade, entre em contato com os colaboradores da CADIUM e conheça o ARMILI CB 520 o óleo para trefilação solúvel de base mineral e o óleo de trefilação integral para trefila ABLATOR PRESI TA 266. Temos também a linha LUBRIKA CIRO de óleo solúvel vegetal, lubrificante indicado para diversos tipos de operações, inclusive para o repuxo e estampagem de metais.

Se você está precisando de um óleo para trefilação de qualidade, não deixe de consultar a CADIUM. Temos o lubrificante adequado à sua operação de trefilação. Aguardamos o seu contato.

 

YouTube video

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *