Óleo Mineral Branco em Bom Jesus dos Perdões

Um Óleo Mineral e um Óleo Mineral Branco é um mesmo Produto?

O Óleo Branco Mineral é um Óleo Mineral Básico que após sofrer um processo de purificação, gera um produto quimicamente estável, inodoro, insípido, hidrofóbico e incolor. Em uma comparação bem simples podemos dizer que o Óleo Mineral é uma água “de bica”, um produto bruto, e um Óleo Mineral Branco é uma água usada em um soro hospitalar, ou seja, é um mesmo produto, só que o segundo sofreu um processo de purificação que o tornou atóxico. O Óleo Mineral é o produto base utilizado na fabricação do Óleo Mineral Branco e por tanto, possui contaminantes em sua composição que impossibilitam o seu uso na fabricação de insumos para uso humano, sendo indicado apenas para a aplicação industrial com a fabricação de lubrificante industrial em Bom Jesus dos Perdões.

Quais são as Normas atendidas e as Certificações que possui um Óleo Mineral Branco Grau Medicinal?

– Code of Federal Regulations: 21 CFR 573.680), do F.D.A.. É um produto recomendado e aprovado para o uso direto em alimentos para consumo humano, por isso é chamado de Óleo Mineral Branco Alimentício. Na indústria plástica o Óleo Mineral Branco Atóxico é aprovado para o uso como plastificante de substâncias poliméricas.

Conheça nossa Linha de Óleo Branco Mineral em Bom Jesus dos Perdões de Grau USP e Grau Técnico

O que é um Óleo Mineral Branco?

O Óleo Mineral Branco sofre um processo de tratamento físico-químico, que remove os componentes contaminantes existentes em sua composição. O Óleo Mineral Branco, como o nome já diz, tem origem mineral, vinda do tratamento do petróleo e tem este nome devido a ser um produto incolor, transparente e isento de odor. Apesar da utilização da denominação usual de Óleo Mineral Branco, este produto não apresenta coloração, sendo totalmente incolor.

Quais são as Principais Aplicações para o Óleo Mineral Branco Medicinal?

Na fabricação de ração animal o Óleo Mineral Branco 70 é empregado como um aglutinante dos compostos sólidos da formulação. Na produção de insumos farmacêuticos como cremes, pomadas, vacinas, entre outros é utilizado o Óleo Mineral Branco em diversas viscosidades. É utilizado com plastificante para borracha, principalmente para os elastômeros de cor clara, onde o Óleo Branco Medicinal não afeta a cor.

O Óleo Mineral Branco e a Vaselina Líquida é um mesmo Produto?

Um Óleo Mineral Branco e uma Vaselina Líquida usualmente são termos usados para definir um mesmo produto, mas tecnicamente ao não se conhecer a origem e o tratamento físico-químico a que ambos foram submetidos, pode se estar querendo comprar um Óleo Mineral Atóxico de alta pureza como um Óleo Mineral Branco Medicinal, e acabar adquirindo uma Vaselina Líquida de Grau Industrial incolor. Para a denominação de Vaselina Líquida subentende-se que é um produto que sofreu um processo de tratamento, com a consequente melhoria da sua qualidade, o que nem sempre é verdade. A denominação de Vaselina Líquida não é correta, pois Vaselina é o nome dado a um derivado do petróleo de consistência pastosa, que originalmente se chamava Petrolato Branco.

Como é Obtido um Óleo Mineral Branco Farmacêutico?

Quando da obtenção de um Óleo Mineral Branco, a severidade de tratamento do processo aplicado sobre o Óleo Básico Parafínico é que definirá a qualidade final do produto a ser obtido: se um Óleo Mineral Branco Grau USP ou se um Óleo Mineral Branco Grau Técnico, óleo de excelente qualidade, mas não é tão puro quanto o primeiro. O Óleo Básico apesar de sofrer um processo tratamento na refinaria possui em sua constituição contaminantes como enxofre, compostos aromáticos, metais pesados, entre outros, e só com a remoção destes através de processos físico-químicos é que se consegue obter um Óleo Medicinal Branco Atóxico de elevada pureza. Atualmente a Hidrogenação Catalítica é o processo mais empregado para a obtenção do Óleo Mineral Branco Farmacêutico, onde o Óleo Mineral Básico é submetido à temperatura elevada e ao contato com o hidrogênio em alta pressão, onde a utilização de catalisadores (Niquel-Platina) ajuda a remover os compostos contaminantes.

YouTube video