Óleo Mineral Branco em Bequimão

Para que Serve o Óleo Mineral Branco?

Nas indústrias cosméticas, farmacêuticas e alimentícias, o Óleo Mineral Branco em Bequimão é utilizado em formulações de cremes, pomadas, loções, protetores solar, vacinas, desmoldantes para formas, antiespumantes, entre outras aplicações. As indústrias de tintas gráficas, de borrachas, de plásticos, químicas, veterinárias, utilizam muito Óleo Mineral Branco em Bequimão na composição de seus produtos. O Óleo Mineral Branco é usado no revestimento de ovos para prolongar o tempo de armazenagem.

O Óleo Mineral Branco e a Vaselina Líquida é um mesmo Produto?

Quando se fala em Vaselina Líquida, imagina-se um produto incolor, sem odor e sem cheiro, o chamado Óleo Mineral Branco ou apenas Óleo Branco, mas também é um termo usado para se designar um Óleo Básico Mineral de uso industrial, que também pode ser incolor. Vaselina é sinônimo de produto pastoso, mas usualmente o termo Vaselina Líquida passou a ser empregado para a definição do Óleo Branco Mineral, só por este também ser um derivado de petróleo. Para a denominação de Vaselina Líquida subentende-se que é um produto que sofreu um processo de tratamento, com a consequente melhoria da sua qualidade, o que nem sempre é verdade.

Conheça nossa Linha de Óleo Branco Mineral em Bequimão de Grau USP e Grau Técnico

Quais são as Normas atendidas e as Certificações que possui um Óleo Mineral Branco Grau Medicinal?

É um produto recomendado e aprovado para o uso direto em alimentos para consumo humano, por isso é chamado de Óleo Mineral Branco Alimentício. – Code of Federal Regulations: 21 CFR 573.680), do F.D.A.. O Óleo Mineral Medicinal possui um grau de pureza tão elevado que atende a todos os requisitos para Óleos Minerais da Farmacopéia dos Estados Unidos (U.S.Pharmacopeia – USP) e da Farmacopéia Européia (EP).

Como é Obtido um Óleo Mineral Branco Farmacêutico?

Em todos os processos de tratamento aplicados para a obtenção de um Óleo Mineral Branco Farmacêutico, o objetivo se concentra na remoção de todos os compostos contaminantes originalmente existentes nos Óleos Básicos Minerais. O Óleo Básico apesar de sofrer um processo tratamento na refinaria possui em sua constituição contaminantes como enxofre, compostos aromáticos, metais pesados, entre outros, e só com a remoção destes através de processos físico-químicos é que se consegue obter um Óleo Medicinal Branco Atóxico de elevada pureza. Atualmente a Hidrogenação Catalítica é o processo mais empregado para a obtenção do Óleo Mineral Branco Farmacêutico, onde o Óleo Mineral Básico é submetido à temperatura elevada e ao contato com o hidrogênio em alta pressão, onde a utilização de catalisadores (Niquel-Platina) ajuda a remover os compostos contaminantes.

Quais as Principais Características do Óleo Mineral Branco USP?

Uma característica muito apreciada no Óleo Mineral USP é por ser um produto totalmente incolor, o que propicia o seu uso em uma enorme variedade de aplicações. Há vários Óleos Minerais Brancos disponíveis no mercado, mas um que atenda às normas de qualidade da Farmacopéia dos Estados Unidos, só o Óleo Mineral Branco USP é que possui esta característica. Ao Óleo Mineral Branco USP é adicionada uma vitamina, que tem como função principal, a de atuar como um inibidor natural de oxidação, ajudando assim a manter a qualidade do óleo durante o seu manuseio e armazenamento.

Por que o Óleo Mineral Branco é Chamado de Óleo Mineral USP?

Para um Óleo Mineral Branco ser chamado de Óleo Mineral USP ele tem que atender às rigorosas normas de qualidade imposta pelos órgãos de fiscalização. Quando um Óleo Mineral Branco é chamado de Óleo Mineral USP é por que ele possui um grau de pureza tão elevado, que ele pode ser utilizado na fabricação de insumos farmacêuticos. Para o controle de segurança e qualidade dos produtos empregados na indústria farmacêutica, grande parte dos fabricantes se insumos medicinais seguem as regras impostas por seus países de origem e uma grande maioria consumidora de Óleo Mineral Branco USP seguem as regras definidas pelo órgão regulatório dos Estados Unidos.

YouTube video